Para homens elegantes e executivos

image

Quando pensamos em executivos e celebridades, sempre nos vem a cabeça homens de ternos italianos com cortes perfeitos. Não estamos erradas! Um homem elegante, deve ter sempre ternos exemplares, com cortes perfeitos, sapatos brilhando, daquele de doer os olhos de tanto brilho, pasta executiva e equipamentos de última geração. Para isto, as grifes italianas são as mais procuradas por homens que querem sobressair ao máximo nos negócios.

Impossível não perceber! Sempre estão vestindo um Armani, Hugo Boss, ou Ermenegildo Zegna, famoso tanto quanto Armani por seus ternos de cortes perfeitos e elegantes. Conversas de Salão, separou uns ternos, looks esportivos, camisas, gravatas, sapatos para que os homens que seguem o blog possam se inspirar no momento de fechar os negócios e ainda abaixo poderá saber a história desta empresa que hoje é referência em ternos e popular no mundo inteiro.

História

image

Ermenegildo Zegna é uma empresa de alta-costura fundada em 1910 em Trivero, Itália pelo alfaiate e empreendedor .

A companhia é geralmente referida como Zegna e rapidamente ganhou reputação por produzir ternos de lã de muito boa qualidade. No fim da década de 1930, o empreendedor empregava mil trabalhadores. Em 1942, a empresa foi rebatizada Ermenegildo Zegna e Filhos, visto que dois filhos de Ermenegildo, Aldo (nascido em 1920) e Angelo (nascido em 1924), juntaram-se à companhia. Por volta de 1955, Ermenegildo Zegna e Filhos já empregava 1.400 trabalhadores.

Os ternos da Zegna, muito populares na Itália, foram primeiro vendidos nos Estados Unidos em 1938, embora, em virtude dos altos preços, sua venda tenha sido feita em números limitados durante os tempos da depressão e da guerra americana.

Aldo e Angelo Zegna assumiram o controle da companhia em 1966, quando o pai morreu aos 74 anos. Todos os ternos de Zegna eram feitos sob medida até 1968, quando então os irmãos lançaram a linha de ternos prontos para venda comercial. A nova linha foi produzida na fábrica Zegna localizada em Novara, na Itália. Em 1973, outra fábrica foi aberta na Espanha e, em 1975, na Grécia. A fábrica grega foi fechada dois anos depois, em virtude de ser tida como não lucrativa. Em 1977, foi aberta uma produção na Suíça, a qual emprega 800 trabalhadores atualmente. Embora a maioria dos ternos da empresa seja produzida em série, a maioria dos ditos “premium suits” são ainda feitos sob medida.

 

imageimage

imageimage

imageimage

imageimage

imageimage

imageimage

imageimage

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s